• 06.08
  • 2004
  • 17:01
  • MarceloSoares

Mostre o significado da política

Originalmente publicado em www.journalism.org
Tradução de Marina Della Valle


Os cidadãos freqüentemente reclamam o noticiário político é chato e parece não ter efeito sobre suas vidas. Manter sua audiência interessada nos assuntos que está cobrindo é fundamental para qualquer jornalista, mas na cobertura política isso é particularmente importante. Abaixo seguem algumas maneiras de manter as pessoas envolvidas mostrando como política é importante para elas.

1.Faça a reportagem “Como esse emprego afeta você”
Não importa se é o prefeito, vereador, deputado ou governador: freqüentemente os cidadãos esquecem do que exatamente uma campanha eleitoral significa para eles – como políticos podem afetar suas vidas diretamente. Esteja seguro de que, em algum lugar, de alguma forma, suas reportagens expliquem como esse cargo no governo afeta as pessoas. Pode ser apenas uma reportagem ou isso pode se repetir durante toda sua cobertura. Quais são as obrigações de quem vai ocupar esse cargo? Quais são as maneiras sutis como esse cargo afeta as políticas públicas sem que isso esteja necessariamente declarado na descrição do emprego? É possível que jornalistas e editores em sua redação aprendam algo novo juntamente com o público.

2. Mantenha o foco no futuro
Bill Wheatley, NBC News
Pergunte a si mesmo: quais desafios esse político vai enfrentar no futuro próximo? Que problemas? Que crises? É fácil ficar apenas nos problemas e escândalos do passado. Eles já são conhecidos, e os concorrentes provavelmente irão citá-los repetidamente durante a campanha. No entanto, eles têm pouco ou nada a ver com o que vem pela frente. Quando tiverem, mostre como. Não fique requentando velhos cortes no orçamento ou alegações sobre o candidato; explique por que isso teria ou não influência no cargo que o candidato pretende herdar. Faça reportagens sobre o que eles possivelmente farão se eleitos, baseando-se não apenas em suas plataformas de campanha, mas também em suas atitudes passadas, opiniões anteriores etc. (POR EXEMPLO: se o candidato for eleito, o que fará sobre os tribunais?)

3.Faça um guia para os eleitores
David Yepsen, editor de política, Des Moines Register
No final da campanha, publique um guia para o eleitor. Reedite e atualize o material que você produziu durante o período que levou à campanha: perfis, artigos sobre questões específicas, artigos-chave decisivos, opiniões de especialistas, etc. Faça muitas tabelas e gráficos – quanto mais detalhes você colocar, melhor. Seu público provavelmente não leu o jornal todos os dias da campanha. Para eles, não é requentar; são notícias que eles podem ter perdido. Dê a eles informações importantes quando eles mais precisam: quando estão se preparando para votar. Considere incluir outro elemento: um artigo, interessante e bem-fundamentado, de um aliado de cada candidato sobre os motivos pelos quais as pessoas deveriam votar nesta ou naquela pessoa.

4. Faça mais reportagens sobre como uma decisão foi tomada, sobre como um projeto virou lei
Como passamos todos os dias lendo e cobrindo política e governo, às vezes é fácil esquecer que nem todo mundo entende como o sistema funciona. De vez em quando, reserve um tempo para explicar para seus leitores como uma taxa passou a existir. Explique o processo político. Isso ajuda os leitores a entender os motivos das propostas que surgem durante a campanha. Isso permite mostrar como fazer acordos não é sempre “entrar no jogo”, mas às vezes é a única maneira de aprovar uma lei. E isso os deixa ver como as leis às vezes incluem determinações desagradáveis.

5.Deixe de fazer coisas para agradar a si mesmo, suas fontes e seus colegas
Paul Friedman, ex-executivo VP da ABC News
Lembre-se de que tudo o que sua redação produz é para ajudar seus leitores, telespectadores e ouvintes a entender suas escolhas e sua comunidade. Você pode achar que todos deveriam ler o jornal inteiro todos os dias, mas aceite o fato de que, embora isso possa ser frustrante, as pessoas confiam em textos curtos, infográficos e outros atalhos. Ofereça a eles essas ferramentas para entender melhor os candidatos, o processo e a campanha.
Assinatura Abraji