• 12.04
  • 2005
  • 18:41
  • MarceloSoares

Imobiliárias de Ilhabela recolhem jornal com matéria polêmica

Proprietários de imobiliárias de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, foram denunciados por jornaleiros da região no dia 23 de março, depois que exemplares do jornal “O Estado de São Paulo” foram recolhidos pela manhã nas bancas. O diário continha uma reportagem sobre a venda irregular de terrenos loteados em áreas de reserva ambiental.

Uma das imobiliárias envolvidas no escândalo tem como sócio o prefeito de Ilha Bela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB), que nega envolvimento no caso.

Os jornaleiros, que pediram anonimato temendo represálias, dizem que representantes das imobiliárias acusadas compraram todos os exemplares disponíveis nas sete bancas da ilha antes das oito da manhã. Exemplares teriam sido recolhidos até em São Sebastião, município vizinho. A prática de recolher jornais com reportagens polêmicas é comum especialmente em época de eleições – o que não é o caso desta vez.

Ferreira afirma que o recolhimento de exemplares “jamais existiu”. Para ele, faltam provas para justificar a denúncia, “quero que esses jornaleiros se identifiquem e digam a verdade”. Representantes de três imobiliárias também foram ouvidos e negam que a ação tenha ocorrido.

Ações recomendadas:

Escrever ao Ministério Público do Estado de São Paulo pedindo investigação sobre o caso, que ameaça a liberdade de imprensa e de informação no País.

E-mail:[email protected]
Fax: 00 55 11 3119-9028

Escrever para a Associação Nacional dos Jornais, pedindo acompanhamento das investigações.

Associação Nacional dos Jornais
Fax: 00 55 61 226 3698
E-mail: [email protected]



A Abraji, em parceria com o Instituto Prensa y Sociedad, mantém um projeto que divulga alertas sobre atentados a liberdade de imprensa no Brasil. Os textos produzidos são divulgados para o mundo inteiro através da rede IFEX – International Freedom of Expression Exchange.

Caso você saiba de alguma agressão à liberdade de imprensa, envie um email para [email protected] Todos os alertas são checados antes da publicação.
Assinatura Abraji