• 23.06
  • 2005
  • 17:44
  • MarceloSoares

Equipe da TV Globo agredida em São Paulo

Em 21 de junho, uma equipe de reportagem do jornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, foi agredida por três homens em frente à sede nacional do Partido dos Trabalhadores, em São Paulo. Os agressores fugiram sem serem identificados. A polícia suspeita de pessoas ligadas ao Sindicato dos Bancários. O sindicato nega que membros seus tenham agredido os repórteres.

Estavam no carro da Globo o repórter Lúcio Sturm, o repórter cinematográfico Gilmário Batista e o assistente Marçal Araújo. Eles se preparavam para uma gravação quando o carro foi chutado por indivíduos não identificados. Eles atiraram pedras e acusaram a emissora de merecer ser tratada com violência. Araújo fraturou o maxilar e foi internado no mesmo dia.

O PT divulgou uma nota à imprensa a respeito do episódio. "Jornalistas e radialistas, na qualidade de trabalhadores, não podem ser igualados e confundidos com a empresa para a qual trabalham", diz a nota, divulgada pelo Sindicato dos Jornalistas de São Paulo.

O delegado Mario Jordão Toledo Leme afirma que viu as imagens gravadas pelo cinegrafista durante a ação. Segundo ele, "os rostos dos agressores foram filmados. Na roupa de um deles aparece um adesivo do Sindicato dos Bancários, cuja a sede fica a 200 metros do local onde ocorreu o fato". Em nota, o sindicato declara não ser possível afirmar que os agressores são ligados à entidade, já que "está colado apenas o adesivo ´Chapa 2´" e, nesta semana, "o sindicato está em eleição para escolha da nova diretoria".

Nas últimas semanas, o agravamento da crise política causada por denúncias de corrupção envolvendo membros do PT, que governa o país, gerou um clima de animosidade de militantes de esquerda em relação à imprensa.

Ações Recomendadas

Escrever para a polícia de São Paulo exigindo investigação e punição dos agressores.

Fax: (11) 3337-0775

Escrever ao Ministério Público e solicitar o acompanhamento das investigações.

E-mail: [email protected]
Fax: (11) 3371.0400




A Abraji, em parceria com o Instituto Prensa y Sociedad, mantém um projeto que divulga alertas sobre atentados a liberdade de imprensa no Brasil. Os textos produzidos são divulgados para o mundo inteiro através da rede IFEX – International Freedom of Expression Exchange.

Caso você saiba de alguma agressão à liberdade de imprensa, envie um email para [email protected] Todos os alertas são checados antes da publicação.
Assinatura Abraji