• 13.07
  • 2005
  • 17:55
  • MarceloSoares

Empresário processa jornalistas por difamação e injúria

O empresário Nelson Tanure, dono dos jornais "Gazeta Mercantil" e "Jornal do Brasil", processou Aziz Filho, presidente do Sindicato dos Jornalistas do Rio de Janeiro; Fred Ghedini, presidente do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo; o repórter Murilo Fiuza de Melo, colaborador da revista do sindicato do Rio; e Luiz Chaves, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio. Ele os acusa de difamação e injúria.

Tanure diz ter sido ofendido por uma reportagem publicada na revista Lide, editada pelo sindicato do Rio. A publicação aponta as dificuldades impostas aos profissionais de imprensa do JB desde que o empresário assumiu o controle do jornal. Na reportagem, Ghedini e Aziz criticaram o fato de os repórteres serem contratados sem carteira assinada e a suspensão por parte da empresa de direitos básicos do trabalhador, como o depósito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Ghedini foi processado por afirmar que "Tanure é o grande predador da imprensa no Brasil. É um ser que destrói tudo aquilo que consegue pôr a mão." O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, por dizer que o empresário "foi o maior inimigo da indústria naval e hoje é o maior inimigo da imprensa". Aziz, autor do editorial, é acusado por fazer elogios à reportagem.

Contatado, Tanure não respondeu aos telefonemas. Ghedini preferiu não comentar o caso, já que ainda não recebeu a notificação do processo. Aziz confirmou ter recebido a intimação. A primeira audiência de reconciliação em torno do caso está marcada para esta segunda-feira, dia 18 de julho, no Rio de Janeiro.

O sindicato dos jornalistas do município do Rio de Janeiro marcou para 8 de agosto um evento dançante com o intuito de arrecadar recursos para pagar o processo judicial. Será no Theatro Odisséia, na rua Mem de Sá, 66, Lapa, a partir das 19h. O ingresso custará R$ 10 por pessoa.

A publicação que causou o processo está disponível para download em www.jornalistas.org.br/uploads/lidetanure.zip

Ação recomendada:

Escrever ao Ministério Público do Rio de Janeiro e denunciar a ação movida pelo empresário, que é um ato contra a liberdade de imprensa no país.
Fax: 0/xx/21 2550-9050
E-mail: [email protected]




A Abraji, em parceria com o Instituto Prensa y Sociedad, mantém um projeto que divulga alertas sobre atentados a liberdade de imprensa no Brasil. Os textos produzidos são divulgados para o mundo inteiro através da rede IFEX – International Freedom of Expression Exchange.

Caso você saiba de alguma agressão à liberdade de imprensa, envie um email para [email protected] Todos os alertas são checados antes da publicação.
Assinatura Abraji