Desinformação e credibilidade em pauta no 14º Congresso da Abraji
  • 13.06
  • 2019
  • 17:00
  • Natália Silva

Acesso à Informação

Desinformação e credibilidade em pauta no 14º Congresso da Abraji

Nos últimos quatro anos, projetos para combater o crescente fenômeno da desinformação e promover a credibilidade de veículos jornalísticos ganharam força. No Brasil há, por exemplo, o Projeto Comprova, que reuniu jornalistas de 24 veículos de comunicação para checar informações durante as eleições de 2018; o capítulo brasileiro do Trust Project, chamado de Projeto Credibilidade, que criou mecanismos para que leitores possam decidir qual o grau de confiabilidade de determinado veículo; e agências de verificação de informações, como Aos Fatos e Lupa.

Todos os exemplos citados, bem como outras iniciativas voltadas ao combate à desinformação, serão debatidos no 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo promovido pela Abraji, que acontece entre 27.jun.2019 e 29.jun.2019, em São Paulo. 

Sérgio Lüdtke, diretor da consultoria Interatores e editor do Projeto Comprova, da Abraji, indicará quais são as melhores ferramentas para verificar conteúdos nas redes. Em outra palestra, Lüdtke e Pedro Burgos, bolsista do International Center for Journalists e desenvolvedor do projeto Impacto.jor — que ajuda as redações no Brasil a acompanhar e medir seu impacto na sociedade — compartilham os dados coletados pelo Projeto Comprova e o que eles revelam sobre a desinformação na campanha eleitoral. 

Adam B. Ellick, diretor e produtor executivo de vídeos para a editoria de Opinião do New York Times, fala sobre a série “Operação Infektion”. Os três vídeos feitos pela editoria comandada por Ellick ajudam a entender a origem do conceito de desinformação e analisam como este se aprimorou até os dias de hoje. A palestra será em inglês e terá tradução simultânea. 

A desinformação ambém é tema da palestra que reúnirá Tai Nalon, diretora executiva e cofundadora do Aos Fatos; Rodrigo Rangel, diretor da revista Crusoé; Natália Leal, diretora de conteúdo da Agência Lupa, e a advogada Taís Gasparian. Os palestrantes comentarão sobre como as confusões sobre a definição do que é notícia falsa elevam o risco de censura no jornalismo. 

O Projeto Credibilidade — versão brasileira do Trust Project, consórcio de veículos que por meio da transparência busca melhorar a qualidade e a credibilidade do trabalho jornalístico — será tema da palestra de Angela Pimenta e Francisco Belda, diretora de operações e presidente do Projor, respectivamente. Pimenta é responsável pela coordenação do Projeto Credibilidade e ao lado de Belda explicará métodos de aplicação dos indicadores de credibilidade.

Para participar dessas e de outras palestras, inscreva-se no 14º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo até 24.jun.2019. A programação completa do evento está disponível no site.

Assinatura Abraji