Casa Pública abre programa de residências em direitos humanos para repórteres estrangeiros
  • 11.08
  • 2017
  • 18:31
  • Mariana Gonçalves

Formação

Casa Pública abre programa de residências em direitos humanos para repórteres estrangeiros

Estão abertas, a partir de hoje, as inscrições para o projeto Residências Casa Pública para repórteres estrangeiros. O programa, destinado a jornalistas interessados em investigar temas relacionados a direitos humanos, oferece hospedagem e mentoria gratuitas da equipe da Agência Pública aos participantes. A Casa Pública se localiza no Rio de Janeiro.

As residências acontecem em setembro, outubro e novembro de 2017 e em janeiro, fevereiro e março de 2018. A cada mês, dois jornalistas serão selecionados para passarem ao menos quinze dias morando na Casa e produzindo suas pautas. Com o fim do programa, eles deverão publicar a reportagem em veículos de seus países e no site da Agência Pública, em português.

Podem se candidatar repórteres estrangeiros ou jornalistas brasileiros que residem no exterior e trabalham em veículos independentes de fora do Brasil. Os candidatos devem saber falar fluentemente português ou espanhol.

Para se inscrever, os repórteres devem comprovar experiência em reportagem e detalhar um plano de investigação para ser desenvolvido no programa. Os pré-selecionados passarão por uma entrevista e deverão enviar carta de um veículo que se comprometa a publicar a matéria realizada na residência. Os escolhidos serão contatados mês a mês.

Clique aqui para se inscrever e aqui para ler o regulamento completo do projeto. As inscrições ficarão abertas durante todo o período de vigência do programa.

Embora seja oferecido o uso da infraestrutura do escritório da Casa, a Pública não se responsabiliza pela regularização de visto ou por custos com viagens, alimentação e transporte dos selecionados. 

A Casa Pública é o primeiro centro cultural de jornalismo do Brasil, que funciona como um polo para a produção, a discussão e o apoio ao jornalismo independente e inovador na América Latina. Esta é a segunda edição do programa de residências, que também ocorreu no ano passado. 

Serviço

Inscrições abertas para programa de residências na Casa Pública

Até março de 2018

Para se inscrever, clique aqui


(Foto: José Cícero da Silva/Agência Pública)

Assinatura Abraji