Repórter é agredido em Rondonópolis (MT)
  • 01.10
  • 2018
  • 16:22
  • Rafael Oliveira

Liberdade de expressão

Repórter é agredido em Rondonópolis (MT)

O repórter Denilson Paredes, do jornal A Tribuna (MT), foi agredido na última quarta-feira (26.set.2018) ao flagrar o descarte de resíduos de construção civil às margens de um córrego em Rondonópolis (MT). Ao perceber que o jornalista fotografava a cena, o motorista do caminhão caçamba acelerou contra Paredes, quase o atropelando, e ao descer do veículo, agrediu-o com um soco. Em seguida, o outro ocupante do caminhão imobilizou o jornalista, que foi novamente agredido.

Segundo Paredes, o motorista perguntou repetidamente o motivo de estar sendo fotografado e o ameaçou de morte caso algo acontecesse. Ele teve o aparelho celular danificado e escoriações em várias regiões do corpo. O jornalista registrou boletim de ocorrência, prestou depoimento à  Polícia Judiciária Civil e realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) local.

O repórter de A Tribuna afirmou à Abraji que desconfia da identidade do agressor mas prefere aguardar as investigações da polícia serem concluídas antes de apontar culpados. Paredes disse querer dar visibilidade ao ocorrido para evitar que novos casos aconteçam.

O presidente da Associação dos Locadores e Transportadores de Caçambas de Rondonópolis, Ricardo Henrique Ayala Barbosa, se manifestou sobre o ataque sofrido pelo jornalista. “A entidade repudia este ato praticado contra o profissional ou qualquer outro tipo de violência”, afirmou. 

O jornal A Tribuna publicou editorial cobrando esclarecimentos sobre o caso. “Esperamos que a resposta seja dada por parte das autoridades e que a nossa cidade continue a ser um local que respeite a democracia e os direitos de todos os cidadãos”, afirma o texto.

Assinatura Abraji