• 11.03
  • 2019
  • 15:15
  • Redação

Liberdade de expressão

Associações lamentam atuação de Jair Bolsonaro em difamação a jornalista

Em nota publicada nesta segunda-feira (11.mar.2019), a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) lamentam o ataque do presidente Jair Bolsonaro à repórter Constança Rezende (Estadão) por meio de post em rede social (íntegra abaixo).

A Abraji se manifestou em conjunto com o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil na manhã do mesmo dia.

---

NOTA À IMPRENSA

A propósito do episódio relacionado à repórter Constança Rezende, do jornal O Estado de S.Paulo, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) lamentam que o presidente da República reproduza pelas redes sociais informações deturpadas e deliberadamente distorcidas com o sentido de intimidar a jornalista e a liberdade de expressão.

Os ataques à repórter têm o objetivo de desqualificar o trabalho jornalístico, fundamental para os cidadãos e a própria democracia.
ABERT, ANER e ANJ assinalam que a tentativa de produzir na imprensa a imagem de inimiga ignora o papel do jornalismo independente de acompanhar e fiscalizar os atos das autoridades públicas.

Brasília, 11 de março de 2019.

Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão

Associação Nacional de Editores de Revistas

Associação Nacional de Jornais

Assinatura Abraji