CTRL+X - Quem tira conteúdo da internet?
Busca pelo site
Digite uma palavra
Cursos Oferecidos pela Abraji

RSS - Assine para receber as novidades do site



Abraji
on Google+

06/07/16 - 14h20 - Meio e Mensagem
Abraji discute Branded Content em seu congresso


Publicado em 24.jun.2016, no site da Meio e Mensagem. Escrito por Karina Julio. 

Na sexta-feira, 24, os diretores de jornalismo de Estadão e Folha de S. Paulo frisaram as mudanças nos modelos de negócio do jornalismo durante o 11º Congresso de Jornalismo Investigativo da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji). Eles apontaram a diversificação da participação de anunciantes como uma tendência na área, através de seminários e eventos patrocinados, além da incorporação do branded content.

“Nós temos um departamento de projetos comerciais que cuida de reportagens patrocinadas que não têm a ver com o editorial”, comentou João Caminoto, diretor de conteúdo do Estadão. De acordo com ele, as grandes fontes de receita publicitária ainda estão nos anunciantes dos setores imobiliário, automobilístico e varejo, que sofreram bastante impacto da crise.

Sérgio Dávila, editor-executivo da Folha, destacou também a disputa por anunciantes, que agora estão migrando para mecanismos de busca como o Google ou redes sociais como Facebook. “A publicidade está sendo pulverizada por vários players. Diferente do que se pensa, os anunciantes não migram do impresso para o digital, e quando o fazem, ela custa 10 vezes menos do que no impresso”, avalia. Apesar do crescimento da mídia digital e dos investimentos de marcas no setor, os veículos impressos não conseguiram realizar essa transição completamente.

A maior parte da receita dos jornais ainda é proveniente de anúncios no impresso – aproximadamente 75%, mesmo que o número de assinaturas digitais tenha crescido progressivamente. Desde 2012, quando a Folha passou a bloquear a visualização de conteúdo a partir de um determinado número de acessos do usuário, o número de assinantes foi de zero para 130 mil.

Além de cobrar pelo conteúdo online, as agências de notícia têm aderido aos antiadblockers, que impedem a navegação de usuários que utilizam adblockers. “Se o leitor não quer ver a publicidade que banca o conteúdo que ele está consumindo, vai ser convidado a assinar o jornal”, comentou Sérgio. Segundo ele, o digital ainda não é uma realidade do ponto de vista financeiro: “Quem paga as contas ainda é o papai impresso”, ressaltou.

 


Busca pelo site
E-mail / Usuário

Senha
 
 
   
 

 
 



 



 
 
 






 

INSTITUCIONAL
O que é
Estatuto Social
Diretoria
Comunicados
Parceiros
Privacidade
Copyright
Expediente
SERVIÇOS
Fale conosco
Banco de Currículos
Lista de Discussão
Eventos
NOTÍCIAS
Acesso à informação
RAC
Projeto com estudantes
Noticias da Abraji
Liberdade de expressão
FILIE-SE
Quem pode se filiar?
Quais os benefícios que o sócio da Abraji tem?
Quanto custa?
Como se associar?
 
ABRAJI - Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo - abraji@abraji.org.br - (11) 3159-0344 - São Paulo SP